ERRO COVARDE MATA PERNAMBUCANO APÓS 19 ANOS PRESO!

18:19Carlos Alberto-Jornalismo sério










Marcos e sua esposa: Indenização tardia paga pela justiça.






O MAIOR E MAIS TRÁGICO ERRO DA INCOMPETENTE JUSTIÇA BRASILEIRA:








PE: PRESO POR ENGANO POR 19 ANOS MORRE APÓS SABER DE INDENIZAÇÃO.


23 de novembro de 2011.
O ex-mecânico Marcos Mariano da Silva, 63 anos, morreu na noite de terça-feira no Recife (PE) após passar 19 anos na cadeia, onde ficou cego e adquiriu tuberculose. Ele foi preso por engano e morreu horas depois de saber que havia conquistado na Justiça a causa que movia contra o governo de Pernambuco por danos morais e materiais. De acordo com o Superior Tribunal de Justiça (STJ), o valor do processo era de R$ 2 milhões e metade havia sido paga em 2008. Ontem, ele soube que receberia o restante.
Ele foi preso em 1976 porque tinha o mesmo nome de um homem que cometeu um homicídio e que só apareceu seis anos depois. Em liberdade, Silva foi novamente colocado na prisão três anos mais tarde ao ser parado em uma blitz. No tempo em que ficou detido, ele teve tuberculose, perdeu a visão e a mulher. O Tribunal de Justiça de Pernambuco determinou que o governo deveria pagar R$ 2 milhões e o governo recorreu da decisão, se propondo a pagar uma pensão vitalícia de R$ 1,2 mil ao homem. O caso chegou ao STF em 2006. Na cadeia, Marcos adquiriu diabetes, que o levou a perda da visão, e chegou a receber uma parte do dinheiro da indenização, mas o Estado recorreu e perdeu no STJ e teria que pagar o restante, o que foi comunicado a ele, causando-lhe um enfarto fulminante. Uma das suas ultimas declarações foi; "queria ter de volta apenas a minha visão sem precisar de um centavo do governo e poder criar minha família com decência".




VÍDEO NO YOU TUBE;

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes