16:17Carlos Alberto-Há 40 anos vivendo Brasília!



GDF e pequenos empreendedores se reúnem em Samambaia.
Muitos assuntos e reivindicações em pauta, para atender os pequenos que não podem ser esquecidos no desenvolvimento da cidade.




 A pedido da Cooperativa de Trabalhadores Autônomos de Samambaia – COOTRASAM, e sob a coordenação da Diretoria de Desenvolvimento Econômico, da Administração Regional de Samambaia, no dia 24/11/2011 ocorreu, no Instituto Federal Brasília/Samambaia, a primeira de uma série de reuniões anunciadas para ampliar o diálogo entre micros e pequenos empreendedores, Administração Regional, Secretaria de Estado da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte/GDF e demais órgãos afins. Tratou-se sobre áreas, lei de ocupação do solo, alvarás de funcionamento, microcrédito e qualificação profissional. O objetivo é encontrar caminhos sustentáveis para o desenvolvimento desse segmento econômico e social.
Compareceram representantes da Associação Comercial e Industrial de Samambaia – ACISA, Associação das Micro e Pequenas Empresas de Samambaia,  Associação dos Quiosqueiros de Samambaia – AQSAM, bem como dezenas de borracheiros, lanterneiros, eletricistas, serralheiros, costureiras, ambulantes, cabeleireiras, manicures, catadores, contadores... “Buscamos condições dignas de trabalho, em ambientes adequados, com investimentos e qualificação profissional”, diz Francisco Rodrigues, presidente da COOTRASAM.
“O governador Agnelo Queiroz quer que organizemos as atividades dos pequenos empreendedores, pela sua importância para o desenvolvimento do Distrito Federal”, disse o secretário adjunto Eudaldo Alencar. “Samambaia evolui rapidamente e os pequenos empreendedores devem acompanhar, para não serem excluídos pelas grandes empresas. Precisamos do empenho do governo, das associações e de cada empreendedor, para melhorar o segmento”, disse o administrador Risomar Carvalho.
Após horas de conversas animadas e otimistas, foi proposto um novo encontro, com a presença da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação – SEDHAB, a fim de tratar objetivamente de dois assuntos principais: a criação do Setor de Oficinas de Samambaia e a criação de Centros Comerciais Comunitários, capazes de agregar pequenos comerciantes, profissionais liberais e empreendedores individuais. Participem!

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes