ATENÇÃO! CRIANÇAS EM PERIGO NA ESCOLA 121 DE SAMAMBAIA.

11:57Carlos Alberto-Jornalismo,isento e sem compromisso com mentiras.!



As fotos mostram a reunião acontecida agora pela manhã entre pais, mães e professores, mais a diretoria da Escola Classe 121 em Samambaia, na busca de providências quanto a segurança naquela escola, após os fatos que deixaram as famílias em sobressalto, já que a  escola que não tem vigilante permanente e especializado para o ensino fundamental, o que expôs a fragilidade da mesma quanto a proteção de seus alunos, lembrando que praticamente todo o quadro docente, é formado exclusivamente por mulheres, além do fato de a Escola 121 estar funcionando provisoriamente no Parque de Serviços da Administração Regional em condições precárias, como já foi mostrado aqui e na imprensa local.



Ali não há sequer, condições de lazer para as crianças aproveitarem o horário de recreio, uma vez que além da fumaça e poeira, oriundas das más máquinas e outros veículos que ali transitam o dia inteiro,formando ambiente insalubre para uma escola e crianças dessa idade, nem o terreno propicia condições de os alunos por  exemplo, jogarem bola, já que não existe quadra de esportes ou área gramada.
O sufoco deve durar segundo a diretoria, até a inauguração da sede definitiva da mesma, que só vai acontecer, após 22 anos de funcionamento em caráter precário no mesmo local onde as novas instalações deverão ser concluídas até final de outubro desse ano.
Após a narrativa dos fatos pela diretoria explicando que até roubo houve na escola quando um marginal conseguiu adentrar uma sala de aula, roubar um celular e correr pulando o muro, pais e mães decidiram de comum acordo, fazer um abaixo assinado que estará a partir de hoje na portaria para os pais assinarem, e acompanhar mais de perto por  meio de uma comissão, se as providencias quanto a segurança serão de fato atendidas.
Enquanto isso a torcida é pela conclusão da nova e moderna  sede  da escola, que só veio a acontecer após as denúncias  sobre as más condições em que os pequenos estudavam até0o ano passado, e que foi feito por um grupo de pais liderados pelo jornalista Carlos Alberto, o “Carlão”, que levou o fato a imprensa, e que culminou com a determinação do MP para que a obra fosse iniciada.
Outro fato que causa estranheza, a justificativa da Secretaria de Educação, sobre o porquê de a escola não ter vigilantes; é que segundo as tais “diretrizes”, a orientação ou preferencia para se ter os vigilantes na porta das escolas é dada ao Ensino Médio, quando o que se vê e se viu nesse caso, é a total fragilidade e exposição das crianças do Ensino Fundamental face a situações de risco como a entrada de bandidos na escola, que não se sabe se eles estando armados, irão ou poderão atirar se acuados, como aconteceu no casso ocorrido esta semana, quando a própria professora, revoltada correu atrás do marginal que pulou o muro.
E se considerarmos o fato de não haver vigilante e nem homens no local, fica fácil ver quem é a parte fraca da história, e a necessidade urgente de se rever as tais “diretrizes de uma secretaria que as pratica, e de um governo que deixa uma escola cheia de crianças até 12 anos de idade, em condições “precárias” por  22 anos.
A DRE-Diretoria Regional de Ensino não quis se pronunciar a respeito.







Karlão-Sam, repórter.

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes