OPINIÃO: O NOVO GOVERNADOR E A NOVA CÂMARA LEGISLATIVA DO DF.

13:07Carlos Alberto-Jornalismo,isento e sem compromisso com mentiras.!

COMPARTILHAR O PODER É PRECISO!
 Com uma CâmaraLegislativa que sai manchada por não ter punido alguns dos maiores envolvidos em escândalos e roubalheiras do dinheiro do povo no DF, mesmo depois de terem sido condenados alguns deles, em várias instâncias da Justiça com fartura de provas, Rodrigo Rollemberg vai ter mesmo de ter pulso firme mas flexível, sob pena de ser manobrado às ocultas e mais tarde sair como ex-governador Agnelo Queiróz, espalhando e chorando mais uma vez como sempre fez, dizendo que foi traído, através da grande mídia, a mesma que lhe virou as costas, se fez de surda e deixou de ficar a seu favor quando a torneira dos milhões da Secretaria de  Publicidade e Comunicação do GDF se fechou.
Rollemberg vai trabalhar com uma base de 21 deputados distritais, num mix de novatos e experientes, o que não lhe garante de modo algum, tranquilidade, já que as manobras políticas dentro da casa são sempre de acordo especialmente, com os interesses dos mais experientes, um verdadeiro oceano de complexidade, onde cada um deles inevitavelmente vai estar voltado apenas para o seu próprio umbigo, seus interesses, já que todo mundo sabe que depois das eleições, o povo que sempre foi massa de manobra e números nas pesquisas e na hora da eleição, embora tendo excluído alguns dos que de pior já se viu na classe política do DF, ainda passa a ser apenas figura decorativa, em sessões de louvação, distribuição de comendas, votação de projetos e encaminhamentos que nada tem, a ver como o interesse popular.
 
 Vai dar trabalho, para remover as águas sujas da CDF...

 

 

E as do Palácio do Buriti também!

Se Rodrigo Rollemberg não souber conduzir pisando em ovos, o seu relacionamento com a CLDF, vai ser vítima do mesmo fogo amigo que atingiu Agnelo Queiróz por várias vezes, especialmente na época da campanha, com uma verdadeira sessão de infidelidades como ele tem mostrado na imprensa, acusando alguns de traidores, e que estiveram ao seu lado, como Cláudio Monteiro, Luiz Alcoforado, Rafael Barbosa e outros que vão cair no ostracismo brevemente.
Só que ele esquece de dizer nas suas entrevistas, de forma bem clara, que ele no início quando lutou por sua indicação e por que não dizer até hoje, fez o mesmo, ou melhor deu o mesmo remédio amargo a Geraldo Magela, que era o favorito eterno do PT tradicional para ser candidato ao GDF.
 Na Câmara que livrou a cara de corruptos contumazes como Bendito Domingos, e que teve em 2013 como seu vice presidente o notório e sombrio Agaciel Maia, dos Atos Secretos no Senado Federal, poderá vir a ser o cadafalso de Rollemberg, pois fechada eternamente no berço esplêndido das negociações e envolvimentos escusos dos seus membros e que já virou folclore com os apelidos criados e dados a ela pelo próprio povo que a elegeu, rodopiam na dança dos interesses sempre pessoais, figuras envolvidas até com o nunca punido  Carlinhos Cachoeira e Paulo Otávio que foi preso quando do escândalos dos Alvarás do “Irregularishopping JK”.
Pode se esperar muitos e todo tipo de despropósito, mas uma coisa é certa: Deputados Distritais, mudam de partido como mudam de roupa, como Celina Leão, mas jamais, nunca, votam contra os interesses da casa, uma vez que, ali o princípio mais forte é o “espírito de corpo”, ou na linguagem popular, de porco mesmo.


O Governador noviço vai ter de continuar acordando cedo com é hábito e trabalhar como nunca, para não escorregar nas cascas de bananas jogadas pelos desmemoriados deputados distritais, que depois de eleitos e quando assumem, baixam sempre o santo de todo-poderosos, e esquecem-se dos donos da casa: O Povo.






Vai dar trabalho, para remover as águas sujas da CDF...






E as do Palácio do Buriti também!


Karlão-Sam.

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes