SECRETÁRIO ANDRÉ DUDA DIZ QUE O GDF NÃO ESTÁ QUEBRADO E QUE TUDO SERÁ PAGO ATÉ 31 DE DEZEMBRO!

17:37Carlos Alberto-Jornalismo,isento e sem compromisso com mentiras.!

E AO FINAL DO GOVERNO DE AGNELO QUEIRÓZ, SÃO ESTAS AS JUSTIFICATIVAS, PARA O CAOS QUE SE IMPLANTOU NO DF!
Agnelo Queiróz e Chico Vigilante.

GDF nega crise, diz que não está quebrado e culpa as empresas.
"A lei assegura atrasos de até 90 dias, prazo utilizado para o governo conferir as faturas e as prestações de serviço".
Se de um lado a população do GDF tem sofrido com greves que paralisam os serviços, de outro lado, o governo de Agnelo Queiroz (PT) alega que não há crise na gestão pública e que todos os problemas serão resolvidos até o final do ano.
 O secretário de Comunicação, André Duda, foi enfático: "O GDF não está quebrado".

Segundo ele, as empresas estariam fazendo cobranças antes do prazo permitido por lei "Como Agnelo não foi reeleito, as empresas passaram a reclamar de atrasos de 10 dias. A lei assegura atrasos de até 90 dias, prazo utilizado para o governo conferir as faturas e as prestações de serviço", disse

Segundo Duda, as empresas que prestam serviços ao governo estão fazendo uma "pressão indevida", com receio de um calote. Há greves no transporte coletivo e fornecedores e alimentos "Alguns políticos afirmaram que o governo está com um déficit de R$ 2,3 bilhões, o que não é verdade. Isso só será reconhecido no dia 31 de dezembro, no fim do governo".

Transporte e alimentação
Quanto à greve no transporte público, que afeta mais de 250 mil pessoas, Duda afirmou que, se o serviço não voltar a operar normalmente amanhã, a empresa Pioneira será multada. "O governo diz que deve R$ 14 milhões e a Pioneira afirma que são R$ 70 milhões. O governo precisa ter a responsabilidade de fazer as coisas corretamente para que a população não seja punida", destacou.
Sobre a falta de alimentação para para acompanhantes e servidores nos hospitais públicos, Duda disse que uma fatura de R$ 2 milhões foi quitada na terça-feira, e que outra de R$ 8 milhões será paga amanhã. Tanto as empresas de ônibus quanto a de alimentos alegam falta de pagamento.



Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes