BRASÍLIA CAPITAL DO MEDO! O MEDO NOS HOSPITAIS; O MEDO NAS RUAS E PARADAS DE ÔNIBUS; O MEDO AO SAIR E CHEGAR EM CASA, E O MEDO ATÉ DE SER CIDADÃO DE BRASÍLIA!

21:08Carlos Alberto-Jornalismo,isento e sem compromisso com mentiras.!

BRASÍLIA CAPITAL DO MEDO!
O MEDO NOS HOSPITAIS; O MEDO NAS RUAS E PARADAS DE ÔNIBUS; O MEDO AO SAIR E CHEGAR EM CASA, E O MEDO ATÉ DE SER CIDADÃO DE BRASÍLIA!


A última semana em Brasília, foi para os cidadãos brasilienses, um verdadeiro teatro de horrores! Gritos, quebradeira, acessos de raiva de mães e mulheres em estado de sofrimento, em corredores de hospitais, maltratados e insultados pela proverbial falta de boa vontade de funcionários mal pagos, mas que quando entram em acessos em desespero após dez ou doze horas de espera, são sempre e prontamente contidos por um pelotão de seguranças. Mas médicos que é bom, nada, nada!
Foi como se a violência em todos os sentidos cometidos contra os cidadãos, reinasse absoluta, impune e fosso dona das vidas de todos eles!
Violência que tomou conta da cidade com todo os seu espectros  e com um jeito sanguinolento de execução, como aconteceu com o tenente coronel do Exército Brasileiro, morto a tiros numa área isolada de São Sebastião e agora descoberto que foi, a trama da própria esposa que contratou com a cunhada, os bandidos que o mataram por questões de dinheiro de uma pensão alimentícia que ele daria a ainda atual esposa que por ambicionar muito mais, mandou executá-lo.






Em Samambaia, um casal passou a pior noite de suas vidas após um sequestro nas quadras ímpares da cidade, exatamente as que mais se ressentem de  efetivo policial, e foi levado para a área mais isolada da cidade, abaixo do Setor Expansão, onde o rapaz foi chutado, esfaqueado e só não morreu por causa da pronta ação do 11º BPM, que mesmo com todo sua carência de efetivos e equipamentos, se desdobra para dar conta da segurança pública de um cidade, onde só o Governo do Distrito Federal agora simploriamente chamado de "Governo de Brasília", bem encaixado e de forma concisa aliás, este nome, que combina como modo com que o atual Governador Rodrigo Rolemberg vem trabalhando: Lento, resumido, de poucas ações efetivas, e parecendo não ter vontade ou disposição de calçar os sapatos da humildade e andar percorrendo as nossas cidades, como sempre o fizeram todos os antigos governadores do DF, que bem ou mal, andavam, viam  os problemas e encaravam, ainda que fossem contestados, as ações e os meios de resolvê-los.



E não se vislumbram as soluções, como se não houvesse um responsável por procurar soluções para tanta aflição por parte deste tão desrespeitado povo. Mas os há com certeza! Mas sempre e igualmente, ano após ano, sem resultados em seu medíocre modo burocrático de trabalhar!
E com toda certeza também, os seus salários caem nas suas contas todo início de mês, vindo quer se queira ou não, deste mesmo sangrado e espoliado povo, que já anêmico financeiramente, sofre e recebe todo dia novas e cruéis responsabilidades de pagar pela incompetência e má gestão dos que elegeu, cheia de esperança de dias melhores!
Não dá mais para se ligar a televisão ou ouvir os noticiários, que nos dão conta apenas de coisas e mais coisas ruins e títulos que somente nos envergonham.
Somos o país campeão do mundo em consumo de drogas;  somos o sexagésimo país do mundo entre 70 deles, com a pior qualidade de educação; entre as 50 cidades mais violentas do mundo, temos 22 delas. E vai por aí afora, num tétrico e amedrontador festival de péssimos índices e números negativos de corrupção, roubalheira e favorecimento aos amigos dos poderosos.
Será que ainda há espaço para tanta coisa ruim em nossas mentes e corações?
Nada mais é nosso sequer o que conquistamos, nos tomam, ou pelas armas ou pelos impostos escravizantes!

Karlão-Sam




Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes