DISTRITAL RAFAEL PRUDENTE PROPÕE LEI QUE OBRIGA SAMU E OUTROS A COMUNICAR INTERNAÇÃO DE MENORES EM HOSPITAIS, AOS CONSELHOS TUTELARES

12:38Carlos Alberto-Há 40 anos vivendo Brasília!

É cada vez maior o número de crianças e adolescentes atendidos nos Hospitais do Distrito Federal, Corpo de Bombeiros e SAMU com sinais de embriaguez. Para controlar esta situação e conscientizar os jovens e os pais sobre o perigo do álcool e das drogas, o deputado Rafael Prudente (PMDB) apresentou projeto de lei que obriga o Corpo de Bombeiros, hospitais, postos de saúde e clínicas que integram as redes pública e privada de saúde Distrito Federal a comunicar, imediatamente, ao conselho tutelar, o atendimento, em suas dependências, de criança ou adolescente que seja diagnosticado com uso de bebida alcoólicas ou entorpecentes. Caberá ao conselho tutelar tomar providências, nos termos previstos na Lei nº 8.069
O projeto tem por objetivo precaver o aumento da incidência do alcoolismo e do uso de drogas e de resguardar a juventude do Distrito Federal.
Alguns dados alarmantes são evidenciados em pesquisa feita pelo IBGE: mais da metade (50,3%) dos jovens brasileiros (entre 13 e 15 anos) já tomaram ao menos uma dose de bebida alcoólica e a idade média em que os jovens ficam bêbados pela primeira vez é de 13 anos.  Com relação à dependência, estudos recentes apontam que esses jovens estão em risco de desenvolver alcoolismo.
Prudente alerta que o consumo excessivo de bebida alcoólica é causa de preocupações, angústias e sofrimento para muitas famílias, e que esse comportamento é o responsável pelo aumento do número de acidentes e atos de violências, muitos deles fatais.

“Proibir apenas que esses jovens não bebam, não adianta. É preciso conversar com eles, e expor a preocupação com a sua saúde e segurança e deixar claro que não há acordo possível quanto ao uso e abuso do álcool, dentro ou fora de casa”, complementou o Deputado.

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes