VENDAS DE IMÓVEIS EM BAIXA JÁ PRENUNCIAM CRISE DO SETOR-JUROS ALTOS E DESEMPREGO TEM INFLUÍDO NAS DECISÕES DE COMPRA DE IMÓVEIS.

12:11Carlos Alberto-Há 40 anos vivendo Brasília!

VENDAS DE IMÓVEIS CAEM E A ANUNCIAM COLAPSO IMOBILIÁRIO.
Há pouco tempo o mercado imobiliário era um orgulho e uma bandeira para a economia nacional respondendo por 10% dela e um dos símbolos do crescente poder econômico brasileiro.

Agora desde o início deste ano, passa por uma profunda recessão que já afeta inegavelmente todo o setor e suas conexões desde a indústria que fornece os materiais até a venda final dos imóveis, como lembra Bruno Mendonça Lima de Carvalho, chefe da Guide Investimentos S/A que diz:” Não se exporta apartamentos e casas; dependemos exclusivamente do mercado interno e seu poder de consumo e circulação de capital”.
As vendas de imóveis em todo o Brasil a maior economia da América dos Saul, caíram mais de 15% no primeiro semestre deste ano e já prenunciam um colapso para o setor.
As construtoras já reduziram os lançamentos e esperam por clientes em muitos casos com imóveis a preços reduzidos mas eles não aparecem.
É que está havendo um reversão em relação ao ano passado quando eles subiram mais de 230% na sua valorização, porque os aumentos salariais, a valorização do real e a baixa recorde dos juros, iniciaram um onda recorde de compra de imóveis.



Hoje os brasileiros encontram-se na situação inversa: A moeda desvalorizou-se, chegando a 27% em Julho, houve uma onda de desemprego e inadimplência, que impulsionou os custos dos empréstimos e os juros subiram encarecendo expressivamente o custo do dinheiro e dos financiamentos para imóveis,
Enquanto isso o Banco Central elevou sua taxa básica em julho para 14,25% tornando ainda mais caros os financiamentos.
E na opinião de vários analista, é tudo uma questão de demanda, e os consumidores continuarão a observa de fora, pois os juros estão altos e o emprego tende a piorar.
É esperar que o mercado se resolva por si mesmo, como sempre acontecem escala mundial.

Informoney.

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes