A CASA DA MÃE CELINA - PRESIDENTE DA CÂMARA LEGISLATIVA MANDA SUSPENDER PUBLICIDADE EM SITES QUE DENUNCIARAM SEU PASSEIO AO TOCANTINS EM JATINHO PARTICULAR.

18:37Carlos Alberto-Jornalismo,isento e sem compromisso com mentiras.!

A CASA DA MÃE CELINA






Após aparecer em fotos sensuais com amigas em  pousada de luxo no Tocantins,(ela que se tornou conhecida por se dizer evangélica, mas deixou de participar da Marcha Cristã em Brasília junto a seus irmãos de fé) para onde foi em jatinho particular de amigos empresários, Celina Leão responde a denúncia cortando verbas de publicidade em sites de jornalista pioneiro no DF e que fez as denúncias e publicou as fotos.
A única ordem velada decorrente da denúncia de uma carona em um jatinho particular, publicada por Notibras, veio da própria denunciada, a deputada Celina Leão (PDT). Autoritária, a presidente da Câmara Legislativa suspendeu a publicidade veiculada nos sites editados pelo Grupo Notibras de Comunicação. Vingou-se retaliando a imprensa livre, que não se curva a moçoilas que vira e mexe são flagradas em fotos sensuais.

RESPOSTA DO JORNALISTA EM SEU SITE:

Estranho o gesto da deputada, que beneficia com mídia publicitária veículos de comunicação que enaltecem o brilho dos olhos dela e se calam diante dos seus deslizes imorais. O que se observa é que a Câmara Legislativa só anuncia em órgãos de imprensa que não revelam as vísceras podres e convenientes de Celina Leão. Constata-se, assim, uma cretinice institucionalizada.
Mas, a história está aí para mostrar que um dia a casa cai para todos, como já caiu para muitos… Por enquanto – e enquanto os apadrinhados gargalham – a bandalheira corre solta nos bastidores da Câmara Legislativa, onde deputados distritais que ocupam um cargo na Mesa Diretora parecem se dobrar aos gestos de Celina, que soam como chantagem emocional. É como se, no frigir dos ovos, todos tivessem o rabo preso.
Reforça-se aqui uma pergunta feita há alguns dias. Será que existe a possibilidade de um asilo jurídico no Brasil? Se for possível, Notibras deverá mudar seu domicílio para Curitiba, reduto de esperança para quem combate a pouca vergonha.
No Distrito Federal – e isso é lamentável – está difícil enfrentar a inobservância dos poderes responsáveis sobre as provas irrefutáveis da corrupção. Só existe um alento aos destemidos e isentos, que são os blocos organizados que ainda sobrevivem em todas as áreas: policial, na administração pública, judicial, corporativa sindical e associativa, incluindo a imprensa.
Que Celina Leão, do alto do seu pedestal de barro, não subestime o poder da verdade. Sua vida não será um mar de rosas e a sua responsabilidade não pode ser a de proteger e acobertar trambiques sem fim.
Celina Leão sabe da existência de decanos e neófitos em todas as áreas. O que a deputada não pode, e não deve, é menosprezar na imprensa os decanos que são incorruptíveis. E os neófitos, eleitos por seu talento e fãs dos decanos, que vivem do mesmo mal: não suportam a mentira.
Já é tempo de a presidente Celina Leão render-se à verdade. Os métodos dos seus conselheiros e parceiros de comunicação de grande massa podem sucumbir. Um provérbio oriental afirma: os vermes habitam as entranhas do leão. Ou da leoa.

A deputada Celina Leão, portanto, precisa ter cuidado, muito cuidado, porque Notibras não se passa para fazer o papel de Rodrigo Rollemberg, que chantageado, baixou a cabeça e balbuciou algo do tipo “Sim, senhora!”.
Valério Neves, o “proficional” (assim, com ‘c’), escudeiro da presidente da Câmara Legislativa, sabe que a verdade tem testemunhos. Resta saber se ele levou isso ao conhecimento de Celina, ou se vai esperar que Rollemberg, cansado de artimanhas, entregue toda a chantagem aos cuidados das autoridades competentes.
José Seabra







Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes