CLDF...SEMPRE COM NOVAS E ESTRANHAS DECISÕES! NOVO CORREGEDOR GERAL É FILHO DE LEONARDO PRUDENTE, RÉU NA OPERAÇÃO CAIXA DE PANDORA DO GOVERNO ARRUDA EM BRASÍLIA

12:44Carlos Alberto-Jornalismo,isento e sem compromisso com mentiras.!

Rafael Prudente, filho de réu da Pandora, será o novo corregedor da Câmara Legislativa.













O pai dele Leonardo Prudente foi flagrado escondendo dinheiro nas meias e nas roupas e virou réu da Operação Caixa de Pandora que acabou com a carreira política de José Roberto Arruda então Governador do DF.

OPINIÃO:
NÃO CONSIGO PARAR DE RIR, DE VER TANTA FARINHA  DO MESMO SACO TOMANDO CONTA DA NOSSA VIDA!
E em cada imagem que guardei, vejo até onde vai o cinismo de falsos pastores e políticos ladrões.
Corregedor?
Essa não...mas já era esperado, afinal esperar o que da CLDF que só legisla olhando para o próprio umbigo?
OLHA TODOS ELES AÍ SEMPRE JUNTINHOS E PEDINDO A PROTEÇÃO DE PAPAI DO CÉU!
E tem mais! Muito mais imagens como estas!
Que vergonha para Brasília!
E juntos até com o Agnelo tão criticado?
É por isto que sempre digo a moda carioca:

"Mudam-se as moscas, mas a merda continua a mesma"!



SE DER SAUDADES, REVEJA O VÍDEO DA ORAÇÃO DA PROPINA AQUI:

https://www.youtube.com/watch?v=UmFE3NXxNJY


 
 







O peemedebista Rafael Prudente (PMDB) foi eleito corregedor da Câmara Legislativa. Até o mês passado, o posto era ocupado por Dr. Michel, que virou conselheiro do Tribunal de Contas. Prudente recebeu 17 votos.

Chamado de Prudentinho pelos deputados distritais, Rafael é filho e herdeiro político do ex-presidente da Câmara Legislativa Leonardo Prudente, aquele que foi flagrado com dinheiro de Durval Barbosa na meia, em vídeos da Operação Caixa de Pandora.

COMENTÁRIO ANEXO A MATÉRIA NO CB;
Tapa na cara do cidadão honesto. A hereditariedade política deveria ser banida da vida brasileira e mal vista pela sociedade. Pode observar, o político que quer ser nobre é aquele que tem um passado a esconder. A sociedade deve entender que o político não passa de um servidor do público e dele deve ser cobrado quotidianamente que tenha compostura, lisura e ética. 
Ele não é benfeitor e nem fidalgo.

Correio Braziliense-Ana Maria Campos.

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes