Governador Rolemberg inaugura mais um restaurante comunitário. Sol Nascente; Nova unidade já começa a operar com preço reduzido

15:11Carlos Alberto-Jornalismo,isento e sem compromisso com mentiras.!

Governador inaugura mais um restaurante comunitário
Nova unidade já começa a operar com preço reduzido

 O governador Rodrigo Rollemberg inaugurou há pouco o restaurante comunitário do Sol Nascente. A unidade abre as portas com já com o novo preço. A refeição passou de R$ 3 para R$2 e R$ 1. O menor valor é para pessoas que fazem parte do Cadastro Único do governo de Brasília e que tenham renda familiar de até três salários mínimos ou de meio salário mínimo por pessoa da família. O valor de R$ 2 será aplicado já no primeiro dia da mudança em todos os restaurantes comunitários, e o desconto para quem for do Cadastro Único será progressivo, em um prazo de até 30 dias.

Na entrada do restaurante, o governador enfrentou alguns protestos. A restaurante comunitário do Sol Nascente será o 14º do Distrito Federal. Localizado na QNR 1, o tem 60 mesas, com oito cadeiras em cada, e capacidade para servir 3 mil refeições por dia. O estabelecimento recebeu um novo sistema de venda de bilhetes, mais moderno, com leitura digital, que possui maior controle de segurança e verificação das refeições vendidas.

 Iniciada em 2014, a obra custou R$ 3.112.497,91, sendo R$ 1,4 milhão repassado pelo antigo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome — atual Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, com contrapartida do governo de Brasília. Hoje o DF conta com 12 restaurantes comunitários em funcionamento. Segundo a Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres são servidas, em média, 338 mil refeições por mês — e mais de 4 milhões por ano. A unidade do Itapoã ainda está em fase de licitação para reforma.

 De acordo com a pasta do Trabalho, o subsídio total às empresas em 2016 subirá de R$ 21.299.099 para R$ 22.376.423. Atualmente, cerca de 17 mil refeições são servidas diariamente. A expectativa do governo é que esse número passe para 27 mil com a redução no valor de cada prato.

Jornal de Brasília, com Agência Brasília

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes