featured

EDSON FACCHIN VOTOU A FAVOR DA CONTINUIDADE DO IMPOSTO SINDICAL.

21:04Carlos Alberto-Jornalismo sério


FACCHIN VOTOU A FAVOR DA CONTINUIDADE DO IMPOSTO SINDICAL.

O ministro Edson Fachin, relator de diversas ações que pedem a volta do imposto sindical, votou favoravelmente ao pedido. O ministro Luiz Fux divergiu do pedido, e em seguida a sessão foi suspensa, devendo continuar amanhã para o voto dos demais ministros.
Fachin acaba de trair a confiança do povo brasileiro ao exigir que o povo sustente sindicalistas que tanto exploraram a classe trabalhadora. Uma vergonha a mais para o STF tão desmoralizado.
O Imposto Sindical foi extinto durante a Reforma Trabalhista graças a projeto de Lei do Deputado Paulo Martins, do Paraná.
Os sindicatos, sedentos pelo dinheiro do povo, entraram com diversos recursos no STF para impugnar a decisão do congresso.



                Raquel Dodge é contra.
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encaminhou nesta terça-feira um parecer ao STF em que afirma que o fim da contribuição sindical obrigatória é constitucional. O imposto se tornou facultativo com a reforma trabalhista aprovada no congresso.
Nesta quinta-feira, está previsto no Supremo o julgamento de 19 ações diretas de inconstitucionalidade (ADIs) que questionam a o fim do ‘sustento’ dos sindicalistas. A decisão terá efeito vinculativo. Ou seja, juízes de instâncias inferiores deverão acompanhar o posicionamento do tribunal.
O Ministro do STF Fachin declarou que ‘está com medo do enfraquecimento dos sindicatos’.
Ora, douto ministro e juiz Fachin! Isto é justamente o que o povo quer. Ninguém quer mais sustentar sindicalistas.

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes