" NÃO TENHO BOLA DE CRISTAL", TERIA DITO JUÍZ QUE SOLTOU O ASSASSINO APÓS AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA!

12:58Carlos Alberto-Jornalismo,isento e sem compromisso com mentiras.!


‘NÃO TENHO BOLA DE CRISTAL” TERIA DITO JUÍZ QUE SOLTOU O ASSASSINO DA MULHER EM SAMAMBAIA, APÓS SER SOLTO EM AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA!


Juiz responsável por soltar Vinícius Rodrigues de Sousa, 24 anos, um dia antes de ele matar a ex-companheira, Aragonê Nunes Fernandes se manifestou sobre o caso: “Por não termos ‘bola de cristal’, não temos como prever aqueles que realmente concretizarão as ameaças que fazem”.
A declaração foi feita em nova audiência de custódia, nesta quinta-feira (7/6), um dia após o feminicídio de Tauane Morais dos Santos, 23. Para o magistrado do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Samambaia; “prender a todos, indistintamente, não parece ser o melhor caminho a seguir”.
Em nova audiência, na qual converteu a prisão em flagrante de Vinícius em preventiva nesta quinta (7), o juiz explicou que há dois dias o acusado esteve no órgão e foi colocado em liberdade provisória, pelo próprio magistrado, com medidas cautelares e protetivas à vítima.
As garantias dadas pela Justiça, porém, não salvaram Tauane. “Elas, no entanto, não se mostraram suficientes. Ao contrário. Mesmo ciente da impossibilidade de procurar a vítima, ele retornou à residência e retirou a vida dela, tentando ainda suicídio”, comentou.

A primeira prisão de Vinícius ocorreu no domingo (3). O acusado foi solto na terça (5), após audiência de custódia. Na ocasião, o juiz Aragonê Nunes Fernandes entendeu que a medida solicitada pela vítima era suficiente. Mas, na quarta (6), Vinícius cometeu o feminicídio, em Samambaia.

Registro policial
Tauane Morais dos Santos denunciou o pai de seus dois filhos, um garoto de 2 anos e uma menina de 4, após ter sido agredida por ele. Em depoimento à 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia), a vítima contou que Vinícius sempre foi violento e ciumento.

O crime ocorreu após o término do namoro, no último fim de semana. O jovem teria, segundo Tauane, começado a se comportar de maneira violenta e descontrolada no interior do apartamento onde eles moravam. O acusado teria chamado a moça de “vagabunda”, pegado um punhal e a ameaçado de morte.

O agressor passou a quebrar tudo que era de propriedade da mulher, como televisão, geladeira, guarda-roupas e ainda rasgou as cortinas do imóvel com o punhal.
Consta no registro policial que o homem estrangulou a ex-companheira com as mãos. O irmão da vítima estava do lado de fora do imóvel e ouviu a agressão. Porém, não conseguiu entrar. Os vizinhos chamaram a polícia.

O filho do casal, de 2 anos, presenciou tudo e chorava muito, segundo as testemunhas. A Polícia Militar chegou ao local e prendeu Vinícius em flagrante. Tauane pediu e conseguiu medidas protetivas de urgência para ela e os filhos. Mas de nada adiantou. Após ser solto, Vinícius voltou ao local e esfaqueou Tauane. Depois do crime, ele tentou se matar com diversos golpes de faca no tórax. O homem foi socorrido e está em estado grave no hospital.


Metrópoles.com-DF

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes