featured.

ENQUANTO RODRIGO ROLLEMBERG PARTE PARA REELEIÇÃO, OUTROS PARTIDOS FIZERAM SUAS CONVENÇÕES.

20:59Carlos Alberto-Há 40 anos vivendo Brasília!


ROLLEMBERG VAI A REELEIÇÃO.

O  Governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, afirmou, na manhã deste sábado (28/7), durante a convenção do PSB, que os brasilienses não querem mais os "demônios que roubaram" a cidade, fala interpretada como referência ao discurso de Jofran Frejat (PR), que desistiu da candidatura ao Buriti dizendo que "não venderia a alma ao diabo". "Para os demônios que roubaram e saquearam nossa cidade, nós temos um recado: Brasília vai lavar a jato toda demagogia, irresponsabilidade e corrupção", declarou.

Rollemberg falou por cerca de 30 minutos para um público de 11 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, que acompanharam o evento, no qual o PSB confirmou que lançará Rollemberg como candidato à reeleição. A convenção ocorreu na Salão de Múltiplas Funções do Cave, no Guará.

No discurso, o socialista voltou a defender que seu partido apoie a candidatura de Ciro Gomes a presidente da República e destacou como seu principais feitos, nos três anos e meio de gestão, o combate à crise hídrica, o fechamento do Lixão da Estrutural, a desobstrução da orla do Lago Paranoá e a reforma fundiária.

Sobre o futuro, disse ter três grandes objetivos: combater a corrupção, arrumar a casa e fazer investimentos, "para melhorar a vida do nosso povo". "Hoje, até mesmo os nossos adversários reconhecem que temos um governo sério e honesto", afirmou Rollemberg, cujo vice ainda não foi definido.

O nome da ex-secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão Leany Lemos também foi lançado pelo PSB na busca por uma cadeira no Senado Federal. "É inaceitável que em pleno século 21, Brasília nunca tenha tido uma senadora", apontou Rollemberg. O PSB também lançou sete candidatos a deputados federais, entre eles a ex-governadora do DF Maria Abadia, e 35 deputados distritais.

Outras  convenções no fim de semana 
Faltando menos de 20 dias para se encerrar o prazo de registro das candidaturas, oito partidos realizam, neste fim de semana, convenções partidárias neste fim de semana para definir como concorrerão às eleições no Distrito Federal deste ano. Neste sábado, reúnem-se seis legendas: PSB, PSol, PT, PSTU, Solidariedade e PRTB. No domingo, será a vez de PCdoB e PHS. Veja:

Sábado
PSB
O partido deve confirmar as candidaturas a cargos majoritários e proporcionais. O nome do governador Rodrigo Rollemberg será oficializado à reeleição e o da ex-secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão Leany Lemos, ao Senado.

PSol
A sigla oficializa as chapas que testarão as urnas em outubro. A professora da UnB Fátima Sousa concorrerá ao Buriti, com a assistente social Keka Bagno como vice. Disputarão o Senado o ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas Chico Sant’anna e o auditor-fiscal Marivaldo Pereira.

PT
Os 300 delegados do partido escolherão entre os nomes do bancário aposentado Afonso Magalhães e do economista Júlio Miragaya para a disputa pelo GDF. Eles são responsáveis, ainda, por decidir os dois candidatos ao Senado. Interessam-se na vaga o distrital Wasny de Roure, o advogado Marcelo Neves e Chico Machado.

PSTU
A legenda lançará as chapas que a representarão em outubro. Todos os candidatos a cargos majoritários são professores. Antônio Ricardo Martins Guillen disputará o Palácio do Buriti, com Eduardo Rennó Zanata como vice. Haverá só um postulante ao Senado: Robson Raimundo da Silva.

Solidariedade
O partido deve confirmar as candidaturas a cargos majoritários e proporcionais. Entre os destaques estão o presidente regional da sigla e deputado federal Augusto Carvalho, que tentará a reeleição, e o empresário do ramo farmacêutico e pré-candidato ao Senado Fernando Marques.

PRTB
Presidida pela filha do senador cassado Luiz Estevão, Fernanda Meirelles Estevão, a sigla vai referendar as candidaturas majoritárias e proporcionais. Ao GDF, concorrerá o major Paulo Thiago. O nome do vice-governador será fechado na convenção. O brigadeiro Átila Lima vai concorrer ao Senado.

Domingo 
PCdoB
O partido pretende confirmar as nominatas proporcionais e designar a uma Comissão Executiva a responsabilidade pela definição majoritária, pois ainda não decidiu se efetivará coligações. Caso concorra numa chapa puro-sangue, são pré-candidatos ao GDF a ex-senadora Emília Fernandes e Volnei Garrafa. O nome de Ana Maria Prestes, que se interessa pela Câmara dos Deputados, não está descartado para a disputa pelo Buriti.

PHS
A sigla confirmou, ontem, o apoio à chapa encabeçada pela ex-distrital Eliana Pedrosa (Pros). Durante a convenção, o partido deve confirmar os nomes que concorrerão a vagas nas Câmaras dos Deputados e Legislativa. A legenda não tem representantes na disputa majoritária.

 CB-DF




Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes