featured

BRASILIENSE VIVE DIA DE TERROR E MORTE EM DIA DE SAIDÃO

07:00Carlos Alberto-Jornalismo,isento e sem compromisso com mentiras.!

BRASILIENSE VIVE DIA DE TERROR E MORTE EM DIA DE SAIDÃO!

Bandido em fuga preso por integrar quadrilha de ladrões de relógios caros, mata cidadãos inocentes que  pagam com suas vidas pela falta de segurança pública como jamais vista no DF!
Até quando estas leis vão castigar cidadãos de bem?
Duas pessoas morreram, na tarde deste sábado  (11), após a kombi em que elas estavam colidir com o carro de um criminoso em fuga. Márcio Barbosa de Oliveira foi uma das vítimas que faleceu. O acusado era beneficiado do Saidão de Dia dos Pais e estava preso desde 2015 por roubo.
De acordo com a Polícia Militar, armado, o homem abordou a mulher, que estava próximo ao seu carro junto ao sobrinho de seis anos, na 505 Sul, próximo ao Sesc. Pegou um relógio do braço dela e tentou fugir de moto, porém integrantes da PMDF perceberam a situação e se aproximaram. O acusado, então, resolveu roubar o carro e levou os dois como reféns.
Os militares iniciaram uma perseguição. O bandido perdeu o controle do veículo no final do Eixão Sul e acabou colidindo frontalmente com a kombi. Desgovernada, a kombi bateu em um outro automóvel com cinco ocupantes, dentre eles uma criança.
Ainda segundo a PM, os dois ocupantes da kombi morreram ainda no local do acidente. Três ocupantes do outro veículo foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Dois deles estão em estado grave. A tia e o sobrinho não ficaram feridos, assim como o criminoso.

Acusado

Lucas Braz de Lucena Júnior foi encaminhado à 1ª Delegacia de Polícia, na asa Sul, onde deve prestar depoimento. Ele está detido desde 2015 por uma ocorrência de roubo, mas teve direito ao benefício do saidão de Dia dos Pais e está em liberdade desde ontem (10).
Antes de seguir para a delegacia, no banco traseiro do camburão, Lucas conversou com o Jornal de Brasília. Segundo o suspeito, ele não tinha intenção de causar nenhuma morte, mas foi obrigado a fugir depois de a Polícia Militar começar a atirar contra ele na 505 sul. Ele garante que portava simulacro de arma de fogo e não uma pistola. O objeto, no entanto, não foi encontrado.
Ainda segundo a PM, os dois ocupantes da kombi morreram ainda no local do acidente. Três ocupantes do outro veículo foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Dois deles estão em estado grave. A tia e o sobrinho não ficaram feridos, assim como o criminoso.
Acusado
Lucas Braz de Lucena Júnior foi encaminhado à 1ª Delegacia de Polícia, na asa Sul, onde deve prestar depoimento. Ele está detido desde 2015 por uma ocorrência de roubo, mas teve direito ao benefício do saidão de Dia dos Pais e está em liberdade desde ontem (10).
Antes de seguir para a delegacia, no banco traseiro do camburão, Lucas conversou com o Jornal de Brasília. Segundo o suspeito, ele não tinha intenção de causar nenhuma morte, mas foi obrigado a fugir depois de a Polícia Militar começar a atirar contra ele na 505 sul. Ele garante que portava simulacro de arma de fogo e não uma pistola. O objeto, no entanto, não foi encontrado.


Jornal de Brasília

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes