featured

NOVEMBRO AZUL: REPETITIVO MAS NECESSÁRIO! HOMEM QUE É HOMEM SE CUIDA CONTRA O CÂNCER DE PRÓSTATA!

16:46Carlos Alberto-Há 40 anos vivendo Brasília!



Enquanto o mês de outubro é dedicado à saúde da mulher, com o Outubro Rosa; o mês de novembro é dedicado à saúde masculina. Para quem não sabe, o Novembro Azul é um alerta para o câncer de próstata e para a relevância dos exames regulares e do diagnóstico precoce da doença.
Novembro Azul no Brasil
No Brasil, o Novembro Azul demorou um pouco mais a ser adotado e só passou a ser conhecido graças ao Instituto Lado a Lado pela Vida e à Sociedade Brasileira de Urologia que trouxeram a campanha ao país.
Por aqui, a além de falar sobre o câncer de próstata, a campanha também tenta quebrar o preconceito dos homens de ir ao médico e, quando necessário, fazer o exame de toque.
Somente em 2014, o Instituto realizou 2.200 ações em todo o Brasil para lembrar a campanha, como a iluminação de pontos turísticos, como o Cristo Redentor e Congresso Nacional; corridas de rua e em autódromos, ativações em estádios de futebol, além de palestras e intervenções em eventos populares e em pedágios, nas estradas.
Sobre o câncer de próstata
A próstata é uma glândula no aparelho reprodutor masculino com a função principal de produzir o esperma. O câncer de próstata é quando as células desse órgão começam a se multiplicar de forma desordenada.
Estatísticas indicam que:
  • Esse é o segundo tipo de câncer mais mortal entre os homens.
  • Um em cada seis homens é alvo da doença.
  • Há um diagnóstico de câncer de próstata a cada 7,6 minutos.
  • Há um óbito por câncer de próstata a cada 40 minutos.
  • É o sexto tipo de câncer mais frequente no mundo.
  • A doença em seu início não apresenta nenhum sintoma, por isso é de suma importância a realização de exames de toque e de sangue periódicos. O exame de sangue NÃO substitui o de toque, visto que muitas vezes a doença não é detectada a partir do sangue, assim, os exames são complementares e devem-se fazer ambos.
Normalmente, os homens são mais resistentes a cuidar de sua saúde de forma preventiva e procurar um médico regularmente. Por isso na maioria das vezes a doença é descoberta tardiamente, apenas quando os sintomas começam a aparecer. E 95% dos casos de câncerde próstata já se encontram em estágio muito avançado e grave quando os sintomas começam a aparecer. Por isso é tão importante prevenir-se e descobrir a doença na fase inicial, quando as chances de cura são grandes.
Mas, quais são os sintomas?
Os sintomas mais comuns – que como já dito anteriormente só aparecem na fase avançada da doença – são: vontades urgentes e repentinas de urinar, dificuldade para urinar, diminuição no jato de urina, aumento da frequência urinária, dores corporais e ósseas, insuficiência renal e fortes dores.
Prevenção
Não existe uma forma de se tornar imune à doença. Por isso os exames de sangue e toque periódicos são tão importantes, eles possibilitam o diagnóstico precoce e o tratamento efetivo – além de menos invasivo – aumentando as chances de cura.
A doença atinge principalmente homens acima dos 50 anos de idade e por isso homens nessa faixa etária devem realizar os exames anualmente. Além disso, homens com história de câncer na família correm mais risco, exigindo o início dos exames anuais aos 45 anos de idade.
Mas existem alguns hábitos para diminuir os riscos da doença:
  • Uma dieta saudável. Rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais. Evitando gorduras, principalmente de origem animal.
  • Atividade física. Ao menos 30 minutos, 5 vezes na semana.
  • Controle de Peso. Evitar a obesidade e manter o peso adequado ao seu corpo.
  • Diminuir o consumo de álcool. É indicado que o homem limite-se à apenas duas taças diárias.
  • Não fumar. Essa é a principal regra para evitar qualquer tipo de câncer.
www.cliquefarma.com.br

Em 2018, Inca prevê 850 novos casos de câncer de próstata no DF

Até o final deste ano, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima 850 novos casos de câncer de próstata em homens do Distrito Federal. Em todo o Brasil, o órgão calcula 68.220 ocorrências da enfermidade.
No País, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre pessoas do sexo masculino – atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Neste mês, é comemorado o Novembro Azul, data em que homens de todo o mundo são conscientizados sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata.
A doença ocorre quando ocorre o desenvolvimento de um tumor na próstata, uma glândula do sistema reprodutor masculino. Não há uma causa específica para o surgimento da enfermidade, porém o risco de adquiri-la aumenta com o avançar da idade.
De acordo com o Inca, o câncer de próstata é considerado uma doença da terceira idade, pois 75% dos casos ocorre a partir dos 65 anos.
Em sua fase inicial, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas. No entanto, quando eles surgem, os sinais mais comuns são: dificuldade de urinar, sangue na urina e necessidade de urinar mais vezes.
Existem dois exames que diagnosticam o câncer de próstata. Um deles é o de toque retal, no qual o médico avalia tamanho, forma e textura da próstata, introduzindo o dedo protegido por uma luva lubrificada no reto. O outro é um exame de sangue que medido a quantidade de uma proteína produzida pela próstata.
Detecção
A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) recomenda que homens negros ou que possuem casos familiares da doença façam algum desses exames aos 45 anos. Os demais devem procurar um urologista aos 50 anos de idade.
Sindisaúde-DF



Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes