featured

A HISTÓRIA TRISTE DA CRIANÇA ASSASSINADA PELO TRAVESTI EM SÃO PAULO E NÃO CONTADA PELA REDE GLOBO E POR DRÁUZIO VARELA

13:09Carlos Alberto-Há 40 anos vivendo Brasília!

DOUTOR DRÁUZIO VARELA: AQUI UMA SUGESTÃO DE PAUTA PARA SUAS REPORTAGENS CRETINAS A FAVOR DA GRANDE DESTRUIDORA DE VALORES MORAIS NESTE PAÍS!

Que tal fazer uma visita a mãe desta criança, estuprada e morta pelo pervertido que o senhor abraçou emocionadamente para se passar por bom repórter e médico do bem frente as câmeras?

Aqui a história real e dolorida!


À época com 9 anos de idade, o assassinato de Fábio dos Santos Lemos, causou revolta de moradores do bairro União de Vila Nova, na Zona Leste de São Paulo. O garoto foi estuprado, estrangulado e morto por Rafael Tadeu de Oliveira Santos, a Suzy da reportagem de Drauzio Varella, exibida pela Fantástico da TV Globo, no último domingo (1).
Uma semana após a reportagem de Dráuzio Varella com as detentas transexuais, o site Antagonista revelou os crimes cometidos por Suzy de Oliveira, que cumpre pena em penitenciária de São Paulo.
O corpo da criança foi encontrado a 20 metros da casa onde morava, enrolado em um lençol, com marcas de espancamento. Após o enterro do garoto, no Cemitério da Saudade, em São Miguel Paulista, os moradores da comunidade clamavam por “justiça”, parte do comércio e as escolas fecharam as portas. O clima era de revolta.
A trans Suzy de Oliveira da matéria com Drauzio Varella, foi condenada por estuprar e estrangular Fábio dos Santos Lemos, um garoto de 9 anos. Ele deixou o corpo da criança apodrecer em sua sala por 48 horas.
O pai da criança morta por Suzy de Oliveira, contou à época, que o filho sempre ficava sozinho em casa quando a mãe saía para trabalhar e que todos no bairro adoravam o menino.
Dez anos depois, o médico Drauzio Varella mostrou a vida de mulheres trans nos presídios, em reportagem exibida pelo Fantástico. Em entrevista ao médico Drauzio Varella, Suzy disse que não recebe visitas há oito anos.
Suzy está na Penitenciária I José Parada Neto, em Guarulhos, na Grande São Paulo.
Vaquinha para trans Susy
A comoção foi tanta,  que foi criada até uma vaquinha online para trans Susy de Oliveira.
A advogada Camila Ribeiro decidiu criou a vaquinha online com o objetivo de arrecadar dinheiro e comprar itens para as transexuais presas mostradas na reportagem.

No país dos que querem governar protegendo vagabundos assassinos e pedófilos, natural fazer um filme elogiando este lixos, que pela moral de Hamurabi deviam ter seus olhos furados, as mãos arrancadas ao estilo Sharya e apodrecerem na prisão!
Mas para a Grande Prostituta de Valores Morais, a Vênus Platinada, merecem o mais nobre dos espaços em sua programação.
Depois esculacham um presidente digno e pai de família, como se fosse um monstro!

E apenas para lembrar ao esquecido doutor Dráuzio, parte do juramento que ele fez um dia ao se formar:

Trecho do juramento de Hipócrates, adaptado e recitado em faculdades de medicina no Brasil:
“NUNCA ME SERVIREI DA MINHA PROFISSÃO PARA CORROMPER OS COSTUMES OU FAVORECER O CRIME. (...) SE INFRINGIR (ESTE JURAMENTO) OU DELE AFASTAR-ME, SUCEDA-ME O CONTRÁRIO.”

Você pode gostar de...

0 comentários

Criticas ou sugestões?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes